Please upgrade your browser. An upgraded browser will make your computer safer, and improve your web experience.

DStv.com works best in the latest versions of Internet Explorer,Firefox, or Chrome,

Not now

dstv,cover_media,steve_carrel

Steve Carell: Não tinha grandes expectativas de carreira

O comediante norte-americano tornou-se mundialmente famoso graças a filmes como Virgem aos 40 Anos e O Repórter: A Lenda de Ron Burgundy, além da popular série The Office.

Embora não planeasse ser um actor de comédia no início, Steve admite que aceitaria qualquer trabalho.

"Não tinha uma fasquia muito alta, para ser honesto", confessou ao New York Times. "Não tinha uma visão. Só queria ter emprego e estava disposto a fazer qualquer tipo de pornografia para continuar a trabalhar como actor. Sei que é uma imagem bastante horrível."

Steve Carel conseguiu mostrou um lado mais sério no papel do treinador John du Pont, no filme Foxcatcher, nomeado para o Óscar. No seu mais recente trabalho, The Big Short, trabalhou com Brad Pitt e Christian Bale. O filme fala de quatro homens que trabalham na área financeira e que prevêem o colapso do mercado imobiliário nos EUA nos anos 2000. A personagem de Steve, Mark Baum, é baseada em Steve Eisman, que tirou proveito da situação.

"Tento interpretar personagens que não tenham ideia de que as suas convicções não fazem sentido", admite. "E penso que isso pode ser engraçado ou dramático. A personagem não sabe se está numa comédia ou num drama."

Steve viu pela primeira vez o filme em Orange County e ficou satisfeito com a reacção das pessoas. "Uma senhora disse: 'Sinto que aprendi algo. Estou mais esperta.' É como se fosse informativo. Ensinou-me algo a mim, mas não senti que tivesse ido à escola. Não senti que tivesse estado numa palestra. Achei isso o máximo."