Sharon Osbourne press, head shot

Sharon Osbourne dá apoio total à filha, Kelly Osbourne, nas suas decisões profissionais.

Sharon Osbourne dá apoio total à filha, Kelly Osbourne, nas suas decisões profissionais.

A apresentadora de 30 anos deixou o programa "Fashion Police", do canal E!, depois de uma controvérsia com a colega Giuliana Rancic. A polémica surgiu após comentários de Rancic ao penteado que Zendaya levou aos Óscares. E Sharon acha que a filha fez bem.

"Apoio-a", afirmou Sharon Osbourne ao programa "Extra". "Ele teve cinco anos fantásticos no programa e aprendeu muito com a Joan [Rivers]. Está na altura. Ela tem de crescer e ir para o mundo."

No ano passado, Kelly estreou a nova linha de roupas, Stories by KO.

Ainda que não se saiba quem a vai substituir no "Fashion Police", Sharon acha que não será difícil preencher o lugar.

"Há muitos bons nomes, muitas pessoas fantásticas que têm contrato com o E!", acredita.

Khloé Kardashian e Amber Rose estarão a ser consideradas para o lugar.

Kelly Osbourne falou pela primeira vez na terça-feira sobre os motivos para deixar o programa.

Embora os comentários de Giuliana - que afirmou que o cabelo de Zendaya parecia cheirar a "patchouli ou erva" - a tenham incomodado, Kelly prefere ver o lado positivo da sua experiência no programa.

"Foram os meus melhores cinco anos de trabalho", partilhou, em conversa no "The Talk", ao lado da mãe. "Estou tão grata por esta experiência... trabalhar cinco anos com a Joan Rivers foi inacreditável."