dstv,nat-geo-wild,RussiasWildSea.jpg

Em ano do mundial da Rússia, não perca este especial do Nat Geo Wild. A seguir, os destaques do canal para este mês de Junho.

WILD RUSSIA SPECIAL

Sábado, dia 9 de Junho e sexta-feira, dia 15 de Junho, às 17:00 de Angola, 18:00 de Moçambique

Este especial vai ser composto pela emissão das séries ‘Wild Russia 2’ e ‘Russia’s Wild Sea’ e vai explorar os mais misteriosos e fantásticos lugares da vida selvagem na Rússia. Cobrindo uma área de 6,6 milhões de metros quadrados, a Rússia é épica na sua escala. De este a oeste, através de montanhas, vulcões, desertos, lagos e gelo Ártico, os seus extremos são inspiradores.

Wild Russia 2

Cobrindo 11 fusos horários e esticando-se por metade do mundo, Rússia é o maior país do mundo. De desertos a estepes semiáridas, densas florestas e tundra Ártica, a Rússia é uma terra selvagem de contrastes e casa de algumas das mais raras espécies da terra. A

Russia’s Wild Sea

O mar de Okhotsk estende-se entre a Península Kamchatka e a ilha japonesa de Hokkaido: o último e maior mar intacto da Terra. Ele pode ser duro e não perdoar: as suas temperaturas descem até aos 40 graus negativos, tufões e tsunamis devastam a costa. Mas é também um paraíso de vida selvagem onde animais crescem maiores, mais fortes e em maior número que qualquer outro lugar. Os seus animais icónicos são ursos castanhos gigantes, as maiores águias de mar do mundo e focas acrobáticas. Neste local, ursos banham-se em banhos termais e nos geysers deixados pelos vulcões mais ativos do mundo. Os poucos habitantes humanos sobrevivem pela glória de espetáculos naturais, incluindo a maior colónia de pássaros de água do mundo, grupos de orcas e as suas baleias. 

AMERICA THE BEAUTIFUL: MIGHTY NORTHWEST

Estreia: domingo, dia 24 de junho, às 17:00 de Angola, 18:00 de Moçambique

Emissão: Domingos, às 17:00 de Angola, 18:00 de Moçambique

‘America the Beautiful’ explora os incríveis, mas pouco conhecidos milagres do mundo natural que acontecem nos nossos quintais. Esta série junta tudo o que a América selvagem tem para oferecer – desde os maiores e mais icónicos animais, até às mais comuns, mas não menos fascinantes, criaturas que se escondem do nosso olhar. Cada episódio foca-se numa surpreendentemente dramática localização – como a sequóia gigante da Califórnia ou o pântano do Texas. Imagens esplêndidas imergem-nos nestes microcosmos da natureza e revelam as selvagens batalhas de vida e morte entre eles.

WORLD OCEANS DAY (Dia Mundial dos Oceanos)

Sexta-feira, dia 8 de Junho, durante todo o dia

No dia dos oceanos, o Nat Geo Wild vai emitir uma maratona de 24 horas totalmente dedicada aos oceanos e com a estreia do documentário ‘Where Ocean’s Collide’, às 17:00 de Angola, 18:00 de Moçambique. Este especial de programação foca-se na natureza e vida dos oceanos e a importância da proteção dos mesmos.

Where Ocean’s Collide

17:00 de Angola, 18:00 de Moçambique

Comece uma jornada até à América Central, um grupo de seis países que alberga uma da mais diversa vida selvagem da área. Desde pequenos exércitos de formigas a massivos tubarões-baleia, a variedade da vida selvagem da América Central recebe destaque através de uma espectacular cinematografia HD. Com uma corrente de vulcões no Pacífico que são faróis de vida, milhões de sardinhas são atraídas para eles juntamente com incontáveis predadores. Espadartes caçam juntos encurralando peixes e fazendo com que se juntem em enormes cardumes para fazerem uso da sua “espada” para caçarem. Os papagaios Masaya fazem casa nos não hospitaleiros vulcões. E no chão de floresta, milhares de pequenas formigas soldados tropicais marcham lado a lado, despedaçando qualquer criatura viva que se apareça à frente.