dstv,tvc,filme,john,fundador.jpg

Assim nasceu o McDonald's

Dia 3 de Fevereiro, no TVC 1, 22:30 (AO) / 23:30 (MZ)

Repetição: 13 de Fevereiro, no TVC 1, 22:30 (AO) / 23:30 (MZ)

‘Os contratos são como os corações. Existem para serem quebrados.’ Ou ‘O McDonald’s pode ser a nova igreja americana. E não abre apenas aos domingos.’ São frases-chave de Ray Kroc (Michael Keaton) em O Fundador (2017), de John Lee Hancock, e dão o tom à história real do homem que colocou de pé um dos maiores negócios da América, a cadeia de restaurante McDonald’s. Ray Croc definia-se como um homem persistente mas em O Fundador conhecemos a história de alguém que não olhou a meios para atingir os seus fins.

Em 1954 Ray Kroc era um anónimo e malsucedido vendedor de máquinas de fazer batidos. Passado pouco tempo tornou-se dono e senhor de um dos negócios mais lucrativos da América, a cadeia de restaurantes McDonald’s. Ray esforçava-se e ia de cidade em cidade a tentar vender o seu produto, sem grande sorte, até que um dia recebeu uma encomenda anormalmente grande de San Bernardino, na Califórnia. Decidido a conhecer a razão da encomenda, foi até lá e conheceu os irmãos Maurice (John Carroll Lynch) e Richard McDonald (Nick Offerman). Ray ficou também a saber como funcionava o restaurante, cuja chave de sucesso era a entrega rápida dos pedidos, sem compromisso dos critérios de qualidade. A ideia pareceu-lhe óbvia, a de expandir o negócio e criar uma rede de franchising por todo o país. Resolveu chegar a um acordo de negócio com os irmãos McDonald, que se tornaram os seus sócios, mas a ambição de Ray ia muito mais longe. Sozinho, criou um império, sem olhar a quem para alcançar os seus objectivos. Assim nasceu o McDonald’s.