Madonna press shot

Madonna sentiu-se "encarcerada" pelo casamento. A rainha da pop já foi casada duas vezes, primeiro com Sean Penn, entre 1985 e 1989, e mais recentemente com Guy Ritchie, de quem se divorciou em 2008, após oito anos de casamento.

Madonna sentiu-se "encarcerada" pelo casamento.

A rainha da pop já foi casada duas vezes, primeiro com Sean Penn, entre 1985 e 1989, e mais recentemente com Guy Ritchie, de quem se divorciou em 2008, após oito anos de casamento.

A cantora está a promover o novo disco, "Rebel Heart", e acredita que a separação a ajudou criativamente.

"Quando nos casamos temos de fazer várias cedências e é justo que assim seja. É assim nas relações", afirmou ao jornal britânico "The Sun". "No entanto, senti-me em conflito. Houve muitas vezes em que me quis expressar enquanto artista de formas que não creio que o meu marido ficaria confortável. Houve alturas em que me senti encarcerada. Não me permitiram ser eu própria."

Madonna acrescenta que o casamento não é, por si, uma "coisa má", mas é importante encontrar alguém que consiga aceitar o parceiro como ele é.

A cantora de 56 anos não tem limites na sua expressão e faz correr muita tinta com as suas roupas e coreografias ousadas. Vê essas acções como uma necessidade de puxar os limites e não como uma atitude zangada.

Madonna é ainda conhecida por namorar com homens bem mais jovens, mas não entende por que falam tanto disso.

"Não há problema se o Mick Jagger sair com uma rapariga de 25 anos, mas se eu namorar com um homem de 25 anos, sou... É ridículo. É tão injusto. Eu não percebo", queixou-se. "Nunca tive uma opinião forte sobre isso até agora. As pessoas não lidam bem com a ideia de que uma mulher nos seus 50 anos se pode divertir, ser aventureira e ter uma vida sexual activa. São tudo coisas que era nos meus 20, 30, 40 anos. Não sei por que deveria parar. Há um manual para