dstv,cover media,jessica chastain

Jessica Chastain: "Crimson Peak" sem festa

Os actores entram no filme com nomes como Mia Wasikowska e Charlie Hunnam. Apesar do elenco de luxo, todos se portaram muito bem durante as gravações.

"Não houve muitas brincadeiras nem festas, porque foi muito exaustivo e difícil", disse Jessica à revista "Star".

As gravações negras também quase que lançaram a sombra no aniversário de Jessica, mas a actriz garantiu que isso não acontecia. Fez 38 anos em Março e esteve com aqueles que ama.

"Não sou pessoa de festas de anos, mas estava tão triste de interpretar a minha personagem, que cerca de 12 pessoas voaram de diferentes áreas dos EUA para Toronto para passarem o fim-de-semana dos meus anos", disse. "Foi fantástico e muito especial e trouxeram um raio de sol com eles."

"Crimson Peak" nasceu da cabeça de Guillermo del Toro e conta a história de uma aspirante a autora Edith (Wasikowska) que se encontra a morar numa casa cheia de segredos assustadores.

A natureza escura e negra do filme significa que o elenco não desfrutou muito de fazer o filme.

"Não foi divertido", disse Jessica. "Subestimei as consequências que esta personagem me traria. Quando acabei, era suposto fazer outro filme, mas precisava de fazer uma pausa - estava vazia."

Jessica representa Lady Lucille Sharpe, cujo irmão (Hiddleston) é casado com Edith. O papel afastou Jessica dos seus habituais papéis de mulheres fortes, mas a actriz estava ansiosa por entrar num mundo novo.

"É seguramente a personagem mais escura que já representei", disse Jessica. "Queria fazer este papel porque queria perceber por que motivos ela fazia o que fazia, e isso, na verdade, partiu-me o coração um bocadinho, porque descobri que tudo o que ela faz no filme é para tentar dar e receber amor."

► Mantenha-se actualizado: leia as mais recentes notícias do mundo do entretenimento e confira  algumas das nossas sugestões para este mês: consulte as agendas de cinemaséries desporto