dstv,getty,f1,lewis,hamilton.2jpg.jpg

Sebastian Vettel reconquistou a liderança do mundial de F1 e agora é a vez de Lewis passar ao ataque, na prova do seu país natal.

O mundial de Fórmula 1 continua em aberto – quem, na sua opinião, vai ser campeão? Vote aqui e veja os resultados.

Entretanto, este fim-de-semana realiza-se o GP da Grã-Bretanha, prova em que Lewis Hamilton vai certamente tentar reconquistar a liderança do campeonato.

Como muitos dos circuitos da Inglaterra, Silverstone nasce de um aeródromo. Quando a Segunda Guerra Mundial terminou, em 1945, os outros dois circuitos da Inglaterra, Donington Park e o lendário Brooklands, caem em  desuso. E foi assim que as taxiways e pistas de aterragem de Silverstone foram 'adoptadas' pelo Royal Automobile Club como a sede do Grande Prémio da Grã-Bretanha, a partir de 1948.

Desde então, Silverstone tem recebido várias alterações, mantendo-se no entanto, e como sempre, um circuito com curvas rapidíssimas (a este respeito, Lewis Hamilton afirmou que a força da gravidade que os pilotos experienciam nas curvas de Maggots e Becketts é algo único a Silverstone). e um dos mais longos do calendário.

1ª Sessão de Treinos: 6 Jul, 10:00 (AO) / 11:00 (MZ), SS2 MáXimo

2ª Sessão de Treinos: 6 Jul, 14:00 (AO) / 15:00 (MZ), SS2 MáXimo

3ª Sessão de Treinos: 7 Jul, 11:00 (AO) / 12:00 (MZ), SS1 MáXimo

Qualificação: 7 Jul, 14:00 (AO) / 15:00 (MZ), SS2 MáXimo

Corrida: 7 Jul, 14:10 (AO) / 15:10 (MZ), SS1 MáXimo