dstv_cover_media_selena

Gomez: senti-me violada

A estrela de 23 anos namorou com o cantor pop, com interrupções, desde 2011 até ao ano passado, quando aparentemente se separaram de forma definitiva.

Com as mudanças na sua vida pessoal, surge uma nova imagem, mais fresca, graças à sua música sexy e aos papéis mais maduros no cinema, que lhe dão a oportunidade de controlar essa mesma imagem.

"Foi muito violento e desgastante falar sobre a minha perspetiva das coisas. Honestamente, penso que foi a primeira vez que alguém me perguntou: 'O que queres fazer?' e eu não tinha ideia nenhuma sobre o que queria fazer porque não tinha ninguém em quem me apoiar", disse a cantora à revista 'Wonderland'. "Não perguntei à Disney nem a ninguém, estava sozinha, e numa altura em que tanta gente falava sobre a minha vida".

O novo álbum de Selena, 'Revival', será lançado no próximo mês, e a beldade morena já mostrou aos fãs a capa do mesmo, em que aparece seminua, nas redes sociais.

Mas a situação não é simples, na medida em que a atriz documenta as suas lutas - como a breve passagem pela reabilitação no ano passado - e sentimentos através das letras do disco.

"Queria a oportunidade de entender o que dizer e como dizê-lo para que me compreendessem. Levou-me um ano para o conseguir", acrescentou Selena, sobre o novo álbum. "Obviamente, é excitante e bonito e não posso esperar mais. Será o meu renascimento - por isso é que se chama 'Revival'. Tive que perceber que o mundo real estava exatamente onde eu precisava, ou acabaria por perder a cabeça".

O seu renascimento tem sido entretanto ligeiramente assombrado por comentários maldosos sobre o seu peso. A cantora desvaloriza-os e partilha a sua opinião sobre o vício recente que muitas pessoas revelam pelas selfies, o que ela considera ser um sinal de uma baixa autoestima.