dstv,tvc2,martin,luther,king,especial.jpg

Duas visões sobre o legado de Martin Luther King Jr.

É impossível pensar em Martin Luther King Jr. sem relembrar o mítico discurso ‘I Have a Dream’. Luther King foi um dos mais relevantes líderes do movimento pelos direitos civis dos negros nos Estados Unidos, com uma campanha de não-violência e de amor ao próximo. Visionário e inspirador, despertou a consciência do país e do mundo para a criação de uma sociedade mais justa, pacífica, equilibrada e igualitária. O seu movimento valeu-lhe o Prémio Nobel da Paz, em 1964. 50 anos após a sua morte, os canais TVCine revisitam a vida e o legado deste líder revolucionário, com a exibição de dois documentários, terça-feira, dias 3 e 10 de Julho, às 22:00 de Angola, 23:00 de Moçambique, em exclusivo no TVCine 2.

O poder das palavras de Martin Luther King Jr. mudou o mundo para sempre. Embora ainda haja muito para evoluir na questão dos direitos civis, o impacto de Martin Luther King Jr. é inegável, e a forma como o seu sonho se espalhou pelo mundo, permitiu dar voz às minorias abrindo caminho para uma sociedade mais liberal. A sua batalha pela igualdade pautou-se sempre pela negação da violência e esta crença marcou o comportamento de todos os seus seguidores e das gerações futuras. 50 anos depois da sua morte, o seu sonho ainda não é uma realidade, mas a sua visão continua a inspirar as sociedades democráticas modernas.

Eu Sou Martin Luther King Jr.

3 de Julho, terça-feira, às 22:00 de Angola, 23:00 de Moçambique, no TVCine 2

Lançado no ano em que se assinala o 50° aniversário da morte de MLK, o documentário Eu Sou Martin Luther King Jr. lança um olhar sobre a vida e o legado do líder, através da análise de alguns dos momentos-chave da sua carreira em defesa pelos direitos civis. O documentário conta a história deste ícone global, com uma perspectiva contemporânea sobre os principais eventos que marcaram o seu movimento. Com entrevistas a figuras-chave da altura, como o Rev. Jesse Jackson, o embaixador Andrew Young, o congressista John Lewis e ainda o Rev. Al Sharpton e de escritores, activistas e influenciadores da actualidade, como Van Jones, Carmelo Anthony, Nick Cannon ou Shaun King, o documentário filtra a história através de uma perspectiva humana.

King In The Wilderness - A Vida de Martin Luther King Jr.

10 de Julho, terça-feira, às 22:00 de Angola, 23:00 de Moçambique

O dia 10 de Julho de 1966 ficou conhecido como Freedom Sunday. Nesse dia, mais de 30 mil pessoas encheram Soldier Field, em Chicago, para ouvir o discurso de Martin Luther King Jr.  Pela proclamação da Emancipação. Mais de 50 anos depois, o TVCine 2 exibe King In The Wilderness - A Vida de Martin Luther King Jr., um olhar sobre os seus últimos anos de vida, a sua fase mais dura. A sua popularidade descia à medida que se tornava mais controverso. King estava deprimido, exausto, sentia-se rejeitado e em conflito interior. Os jornais estavam contra ele, os brancos apelidavam-no de comunista, os negros não se reviam no seu apelo ao amor ao próximo e até os seus conselheiros o questionavam. Uma nova perspectiva sobre a vida de King, visto agora como homem e não como herói.