dstv,tvc,documentario,eu,sou,bolt

Uma viagem que nos vai levar até à Jamaica, ao Ártico e a váriospaíses europeus e Tunísia.

Documentários à Volta do Mundo abrem com o homem mais rápido do mundo em Eu Sou Bolt (2016), de Benjamin e Gabe Turner, a 11 de Abril, terça-feira, às 23:00 CAT, no TVCine 2. Recordista mundial dos 100 e dos 200 metros, oito medalhas de ouro olímpicas, ídolo para milhares de fãs em todo o mundo e um herói na sua Jamaica Natal, Eu Sou Bolt conta a história de Usain Bolt. Usain era um miúdo que adorava correr e que corria, corria muito, mesmo quando os outros estavam em festas e lazer. Usain correu tanto e treinou tanto que chegou ao topo do desporto mundial. E mesmo quando em 2015 o deram como fora da corrida, Usain Bolt voltou mais forte e maravilhou de novo e tudo e todos nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, com as vitórias e o ouro nos 100, 200 e 4 x 100 metros, repetindo os feitos de Pequim 2008 e Londres 2012 (devido a um controlo antidoping positivo de um colega, Bolt perdeu a medalha de ouro ganha na China nos 4 x 100).

Da Jamaica rumamos a norte, até ao Árctico, com Aventura no Árctico (2007), de Adam Ravetch e Sarah Robertson, exibido a 18 de Abril, terça-feira, às 23:00 CAT, no TVCine 2. Dos mesmos autores de A Marcha dos Pinguins (2005), com narração de Queen Latifah, vamos até ao sítio mais frio do planeta conhecer Nanu, um urso polar, e Seela, uma morsa. Vamos conhecer os seus desafios num mundo que está a mudar e que coloca em perigo o seu habitat, já que há o perigo de, em 2040, não haver gelo no Árctico. Nanu e Seela são duas fêmeas e vamos vê-las a criarem os seus filhotes, a ensiná-los a proteger-se das ameaças e a procurar comida, mas também em momentos muito divertidos de lazer e de ternura desconcertante.

E agora invadimos o quê? (2015), de Michael Moore, fecha o Documentários à Volta do Mundo a 25 de Abril, terça-feira, às 23:00 CAT, no TVCine 2. O realizador e activista apresenta-se como o salvador da América e propõe-se a invadir vários países, de forma a levar de volta a casa estilos e hábitos de vida que podem revolucionar os Estados Unidos. Férias pagas de Itália, alimentação saudável escolar de França, alunos sem trabalhos de casa da Finlândia, educação universitária gratuita da Eslovénia, plano sustentável de carreira da Alemanha, feriado do 1º de Maio, político contra toxicodependência e abolição da pena de morte de Portugal, sistema prisional mais humano da Noruega e direitos das mulheres da Tunísia.

► Veja e reveja os seus filmes favoritos através do serviço Catch Up da DStv e via o seu DStv Explora, o mais avançado descodificador no mercado.