dstv_cover_media_damon

Damon: Os meus filhos não me acham "fixe"

O ator de 44 anos é um dos nomes mais apelativos em Hollywood, com a saga 'Bourne' e 'Bom Rebelde' como alguns dos muitos filmes de sucesso que tem no currículo.

Embora existam milhares de fãs desesperadas por conhecer o seu ídolo, em casa o ator pode relaxar, com a esposa, Luciana Barroso, e as filhas, Gia, Isabella e Stella, assim como Alexia, filha de Luciana, de um anterior relacionamento.

"Eu tento dizer-lhes (que sou muito fixe)", disse o ator, sorridente, ao ET. "Nem a minha mulher o entende. Mas pronto, eu fico com elas de qualquer forma".

"Os meus filhos mais novos viram apenas o 'Happy Feet 2' e o 'Spirit', um filme que fiz há muito tempo".

Contudo, Matt e Luciana conseguiram levar Alexia, com 17 anos, à estreia do novo filme do ator, 'The Martian' no Festival de Cinema de Toronto. Na película, Matt interpreta o astronauta Mark Watney, que é abandonado em Marte, quando a sua equipa assume que ele morreu numa tempestade violenta.

"Ela adorou. O filme é uma carta de amor à ciência. É muito otimista e traduz uma atitude muito positiva e esperançosa. Ela gostou mesmo", garantiu Damon, feliz com a opinião de Alexia.

Este novo filme recebeu boas críticas, mas o ator esteve recentemente envolvido em alguma polémica, no que diz respeito à diversidade na indústria cinematográfica. A produtora afro-americana Effie Brown está atualmente a ajudar Matt e o amigo Ben Affleck com o 'Project Greenlight', um reality show para a HBO no qual realizadores em início de carreira são escolhidos para fazer um filme.

Durante uma conversa em que Effie partilhou os seus receios relativamente ao facto de a única pessoa de cor no programa ser uma prostituta, acrescentando que os afro-americanos têm direito à dignidade, Matt interrompeu-a com a sua opinião sobre o tópico.

"Quando falamos de diversidade, fazemo-lo no casting do filme, não no casting para o programa", disse o ator.

As redes sociais reagiram mal a este comentário, como se evidencia num post deixado por um utilizador do Twitter: "matt damon interrompeu effie brown, uma produtora WoC, para explicar a diversidade, como eu adoro a ironia (sic)".