dstv,tvcine,filme,all-eyez,capa,artigo.jpg

Não perca este filme sobre a vida de Tupac Shakur um dos mais icónicos ‘rappers’ e voz principal do ‘gangsta rap’. Veja também, a seguir, os destaques de Abril para os canais TVCine.

All Eyez On Me

29 de Abril, 21:30 de Angola, 22:30 de Moçambique, no TVCine 1

dstv,tvcine,filme,all-eyez,tupac,billboard.jpg

‘Gostamos da tua música Tupac. Pintas um quadro para o ouvinte que nem sempre é bonito mas que é verdadeiro’. Assim era Tupac Shakur (Demetrius Shipp Jr.), um dos mais icónicos ‘rappers’ e voz principal do ‘gangsta rap’, um subgénero que vangloria a violência. Esta é uma das contradições de Tupac, que começou por querer ser um símbolo da unidade e da inclusividade e que se perdeu entre a violência, acabando por ser assassinado aos 25 anos em 1996.

Tupac Shakur cresceu a ouvir a sua mãe, Afeni Shakur (Danai Gurira), e as suas fortes e vincadas posições políticas. Afeni fazia parte do Black Panther Party, um movimento de luta pelos direitos dos negros nos Estados Unidos. A tomada de posição no mundo ficou marcada desde cedo e Tupac viria a tornar-se numa voz e num símbolo na busca de direitos para a sua comunidade e pela não discriminação baseada na cor da pele e nas origens culturais ou socioeconómicas. Mas a meio do caminho Tupac deixou-se levar pela violência e pelo espírito agressivo, iniciando um estilo que ficou conhecido como ‘gangsta rap’, que fazia a apologia da violência, em contraste com o espírito de unidade e inclusividade. Com uma existência atribulada, guerras entre gangs, luxúria e comportamentos desviantes, e que incluiu uma passagem pela prisão acusado de abuso sexual, a história de Tupac Shakur terminou abruptamente aos 25 anos, quando foi assassinado em Las Vegas, no que se acredita ter sido um acerto de contas. ‘All Eyez on Me’ relata a vida de Tupac Shakur, um símbolo da comunidade negra do final do século XX.

Música a Música

28 de Abril, 21:30 de Angola, 22:30 de Moçambique, no TVCine 1

dstv,tvcine,filme,musica-a-musica.jpg

Amor à flor da pele, desejos incontroláveis, paixões carnais e selvagens, são os pontos de partida de Terrence Malick em Música a Música (2017), sobre as relações e interações entre BV (Ryan Gosling), Cook (Michael Fassbender), Faye (Rooney Mara) e Rhonda (Natalie Portman), quatro seres dedicados à música e devorados pelo sonho de a alcançarem.

Faye é uma guitarrista de Austin, no Texas, que pretende atingir uma carreira profissional. De forma a chegar onde pretende, Faye inicia uma relação com o produtor Cook. Ao mesmo tempo, Faye envolve-se, em segredo, com BV, que também trabalha com Cook. Cook, por sua vez, conhece Rhonda, com quem acaba por casar. São vidas que se cruzam, desejos carnais que não se contêm, paixões que devoram por dentro e dilaceram corpos e almas por fora. Sempre ao som e ao tom de ‘I'm a-walkin' in the rain/Tears are fallin' and I feel the pain/Wishin' you were here by me/To end this misery/I wonder/Why/She ran away/ And I wonder/Where she will stay/My little runaway‘.

Barry Seal: Traficante Americano

27 de Abril, 21:30 de Angola, 22:30 de Moçambique, no TVCine 1

Repetição: 23 de Abril às 21:30 de Angola, 22:30 de Moçambique, no TVCine 1

dstv,tvcine,filme,barry-seal.jpg

‘Barry Seal: Traficante Americano' (2017), de Doug Liman, inspira-se na histórica verídica de Barry Seal (Tom Cruise), um piloto de aviões que chegou a trabalhar, em simultâneo, para a CIA, a Agência de Combate à Droga dos Estados Unidos e Pablo Escobar. Claro que atividades tão pouco ortodoxas geravam dinheiro, muito dinheiro, fazendo da vida de Seal uma verdadeira montanha-russa a alta velocidade.

Barry Seal foi o melhor aluno do seu ano, entrou numa companhia aérea pela porta pequena mas rapidamente subiu a piloto. E era brilhante. O seu percurso captou a atenção de Monty Schafer (Domhnall Gleeson), um agente da CIA, que o contratou para transportar armas para o General Noriega, no Panamá. Num dos voos, Seal é intercetado pelo cartel de Pablo Escobar, que lhe propõe ser um correio de droga em cada regresso aos Estados Unidos. Seal acaba por ser descoberto mas a Casa Branca tem, também ela, uma proposta. Uma vez que o piloto transporta agora armas para os Contras da Nicarágua, de novo contratado pela CIA, deve conseguir provas de que os sandinistas, que lutam contra os americanos no país, são traficantes de droga. A todas as entidades Barry Seal disse que sim, resultando numa vida inundada de dinheiro e recheada de adrenalina no fio da navalha.

Capitão Cuecas – o Filme

25 de Abril, 21:30 de Angola, 22:30 de Moçambique, no TVCine 1

Repetição: 23 de Abril às 21:30 de Angola, 22:30 de Moçambique, no TVCine 1

dstv,tvcine,filme,capitao,cuecas.jpg

Eis que chegou o herói de todas as crianças, o grandioso, o magnífico, o enorme… Capitão Cuecas. George Beard (voz de Kevin Hart/Sabri Lucas) e Harold Hutchins (voz de Thomas Middleditch/César Mourão) são os melhores amigos desde sempre, coleguinhas do 4º ano na Escola Jerome Horwitz. Os dois divertem-se a pregar partidas aos professores, o que deixa o diretor, Benjamin Krupp (voz de Ed Helms/Quimbé), à beira de um ataque de nervos. Um dia o diretor resolve separar os dois amigos em turmas diferentes mas a vingança dos dois promete ser terrível.

George Beard e Harold Hutchins são dois miúdos muito traquinas, inseparáveis amigos que estão na mesma turma do 4º ano na Escola Jerome Horwitz. Os dois levam o tempo que passam na escola muito a sério… mas para preparem as partidas mais divertidas (e sim, humilhantes) em que os professores todos caem que nem patinhos. O diretor, Benjamin Krupp, é que não acha piada nenhuma à brincadeira e um dia resolve tomar medidas drásticas: os dois amigos vão ser separados e colocados em turmas diferentes. É preciso tomar medidas e os dois resolvem puxar dos galões. George e Harold tentam hipnotizar Krupp e convencê-lo que ele é o Capitão Cuecas, o herói da banda desenhada que os amigos criam nas horas vagas. Para surpresa de ambos o hipnotismo resulta e Benjamim Krupp, equipado apenas com roupa interior branca e uma capa vermelha, é agora o Capitão Cuecas. Será isto um problema? Ou é uma vantagem? Dúvidas não há é que épicas aventuras não vão faltar…

Todos os Sonhos do Mundo

23 de Abril, 22:00 de Angola, 23:00 de Moçambique, no TVCine 2

dstv,tvcine,filme,todosossonhosdomundo.jpg

Todos os anos este é o destino comum a milhares de portugueses emigrados em França, a de regressar ao país de origem, primeiro a sós, depois já com os filhos e descendentes. Pamela (Paméla Constantino Ramos) é uma dessas jovens que vê o seu amor por Portugal crescer de forma desmesurada até ao dia em que decide que o seu destino passa por conhecer, sozinha, as suas raízes. 

Pamela nasceu em França, filha de pais portugueses, fazendo por isso parte da segunda geração de emigrantes. Todos os verões vem a Portugal, à terra, como se diz na gíria. Reencontra os avós, os amigos dos pais, a geração que ficou. Em França deixou a indecisão típica da idade, em Portugal encontra o calor, o sol e as emoções simples da vida. Pamela não sabe ainda o que quer fazer, mas sabe que gosta de tocar piano e patinar no gelo. Um dia Pamela decide que quer descobrir as suas origens e as suas raízes, sozinha, sem os pais, e embarca numa viagem interior que a vai trazer de novo a Portugal, como se da primeira vez se tratasse.

A Minha Vida de Courgette

22 de Abril, 22:30 de Angola, 23:30 de Moçambique, no TVCine 3

dstv,tvcine,filme,courgette.jpg

A ida para um orfanato depois de uma tragédia que destruiu uma família não tem que significar o fim da linha. Isso mesmo sucedeu a Courgette (voz de Gaspard Schlatter/Pedro Coelho), que assim pôde conhecer Camille (voz de Sixtine Murat/Sara Mestre) e encontrar uma alma gémea. Mas um dia a tia de Camille pediu a sua custódia e os sonhos de Courgette podem estar prestes, novamente, a desmoronar-se. ‘A Minha Vida de Courgette’ (2016), de Claude Barras, foi nomeado ao Óscar e ao Globo de Ouro de Melhor Filme de Animação.

O pai de Courgette fugiu de casa e da mulher alcoólica. A mãe de Courgette acabou por ter um final infeliz e a criança foi acolhida num orfanato. Lá conhece Simon (voz de Paulin Jaccoud/Henrique Melo), que lhe explica que todas as crianças ali têm uma história infeliz, e Camille, por quem se apaixona. Com Simon, Courgette vai aprender que a vida pode ser mesmo muito divertida se lhe dermos uma hipótese, com amigos, brincadeiras e boa disposição. A Camille, Courgette vai ensinar que a cumplicidade e ao afeto são cultivados todos os dias e que nunca se deve desistir de quem de facto amamos, mesmo quando a tia da menina tenta pedir a sua custódia e retirá-la do orfanato.

Delírio em Las Vedras

21 de Abril, 22:30 de Angola, 23:30 de Moçambique, no TVCine 3

dstv,tvcine,filme,delirio-em-vedras.jpg

O Carnaval mais português de Portugal é sem dúvida o de Torres Vedras. Quem por lá já passou relata dias e noites delirantes e sem limites. Para retratar a folia e a festa ninguém melhor que Edgar Pêra, que criou o excêntrico Delírio em Las Vedras (2015), um filme/documentário que acabou por ser também o último trabalho do ator Nuno Melo. 

A edição de 2015 do Carnaval de Torres Vedras foi dedicada ao Amor. Mas quem conhece a festa torreense sabe que até pode haver muitos corações mas nenhum deles é inocente ou angelical. É neste ambiente delirante e muito sugestivo, para não dizer altamente malandro, que Edgar Pêra dá largas à imaginação delirante num filme que é ficção e ao mesmo tempo documentário. Nuno Melo (no seu último papel), Albano Jerónimo, José Raposo, Sofia Ribeiro, Marina Albuquerque e Miguel Borges são alguns dos atores que dão vida a repórteres de canais de televisão e rádio fictícios que vão ter que encher horas e horas de emissão com as histórias e entrevistas mais disparatadas que possam existir.

Overdrive – os Profissionais

20 de Abril, 21:30 de Angola, 22:30 de Moçambique, no TVCine 1

Repetição: 30 de Abril às 21:30 de Angola, 22:30 de Moçambique, no TVCine 1

dstv,tvcine,filme,overdrive.jpg

Para ladrão, ladrão e meio... Ou neste caso, dois ladrões. Os irmãos Andrew (Scott Eastwood) e Garret Foster (Freddie Thorp) são dois profissionais no roubo de carros mas desta vez erraram o alvo, quando intercetaram um Bugatti de 1937. O carro de luxo, avaliado em milhões de euros, pertence a Jacomo Morier (Simon Abkarian), um senhor da droga de Marselha. Os dois irmãos são apanhados e para se salvarem vão ter de roubar, no prazo de uma semana, um Ferrari 250 GTO de 1962, nas mãos de Max Klemp (Clemens Schick), o grande rival de Morier. Estarão os irmãos à altura neste Overdrive os Profissionais (2017), de Antonio Negret, em estreia a 20 de Abril, sexta-feira, às 21:30 de Angola, 22:30 de Moçambique, no TVCine 1.

Andrew e Garret Foster são dois irmãos (na verdade são meios-irmãos, como gostam de sublinhar) que se especializaram no roubo de automóveis de luxo. Como todos os irmãos os dois cultivam uma rivalidade saudável. Este era apenas mais um trabalho, o de roubar um Bugatti de 1937 em trânsito. Mal eles sabiam que o automóvel tinha acabado de ser comprado por Jacomo Morier, um senhor da droga de Marselha, colecionador de carros de luxo. Naturalmente Andrew e Garret vão ser apanhados mas Morier apresenta-lhes uma alternativa à morte: vão ter que roubar um Ferrari 250 GTO de 1962 para a sua coleção particular. Há, no entanto, dois pequenos obstáculos. Um é que o automóvel pertence ao perigoso Max Klemp, grande rival de Morier. O outro é que têm apenas uma semana para colocar em prática o roubo. Estarão estes profissionais preparados para o roubo das suas vidas?

A Torre Negra

13 de Abril, 21:30 de Angola, 22:30 de Moçambique, no TVCine 1

Repetição: 23 de Abril às 21:30 de Angola, 22:30 de Moçambique, no TVCine 1

dstv,tvcine,filme,torre,negra.jpg

Numa sexta-feira 13 os Canais TVCine & Séries apresentam ‘A Torre Negra’ (2017), de Nikolaj Arcel, baseado na obra de Stephen King. Existem dois mundos, aquele onde vive Jake Chambers (Tom Taylor), uma criança de 11 anos com poderes paranormais, e aquele onde habitam Roland Deschain (Idris Elba), o Pistoleiro, que vagueia sem rumo, e Walter Padick (Matthew McConaughey), o Homem de Negro, que pretende destruir a Torre Negra, aquela que protege todos os mundos. Jake tem visões do mundo de Roland e Walter nos seus sonhos e a aventura começa quando atravessa o portal para o outro mundo. A Torre Negra, em estreia a 13 de Abril, sexta-feira, às 21:30 de Angola, 22:30 de Moçambique, no TVCine 1.

Jake é um menino de 11 anos que vive em Nova Iorque. Nos seus sonhos começa a ter visões de um mundo distópico e de duas personagens misteriosas: Roland Deschain, o Pistoleiro, e Walter Padick, o Homem de Negro. Acompanhado por um terapeuta, Jake tenta explicar o que viu, até ao dia em que é transportado para o mesmo mundo das suas visões através de um portal paranormal. No novo mundo conhece Roland, que lhe explica que é agora um solitário que vagueia sem rumo por um território destruído. Nesse mundo Jake vai também conhecer a história de Walter, que pretende destruir a Torre Negra. Este elemento é o fator de proteção e equilíbrio de todos os mundos. Roland acredita que a sua vida já não tem sentido mas Jake consegue convencê-lo que há um outro mundo, o seu, o planeta Terra, que tem que ser protegido contra as intenções do Homem de Negro. Os dois aliam-se numa luta que promete ser devastador